Automóveis chineses Changan e Haima e sul-coreanos SsangYong vão ser construídos no Brasil          Grupo segurador luso-brasileiro vai iniciar operações directas em Angola          Inflação homóloga em Macau caiu em Setembro para 5,69%          Feira Internacional de Macau gera negócios avaliados em 687,5 milhões de dólares          Economia de Cabo Verde com previsão de 5% de crescimento em 2013          Estado moçambicano com despesas totais de 6 mil milhões de dólares em 2013

A cooperação comercial entre a China e os países lusófonos tem uma perspectiva bastante abrangente. Os países de língua portuguesa possuem a particularidade de não fazerem fronteira com outros países de mesma língua, espalhando-se geograficamente por quartos continentes (Africa, America, Asia e Europa), possuindo imensos recursos naturais e um mercado de consumo diversificado com uma população conjunta de mais de duzentos e vinte milhões de habitantes. Os países lusófonos são membros da União Européia (UE), do Mercado Comum do Sul (MERCOSUL), da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) e da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (ECOWAS).

Segundo dados oficiais da Administração Geral das Alfândegas da China, o comércio entre a China e os países de língua portuguesa atingiu 86 427 milhões de dólares de Janeiro a Setembro de 2011. Nesses três primeiros trimestres do ano houve um crescimento de 26, 69%. No periodo de 9 meses, as exportacões de bens à China atingiram o valor de 57 681 milhões de dólares americano. Já as importações totalizaram cerca de 28 809 milhões de dólares.